28.6.12

México - DF


Secretamente, para apaziguar o meu coração, esperava encontrar uma cidade mais insana e brutal que São Paulo... definitivamente não foi o que vimos... uma cidade bonita, com suas calçadas largas, ocupadas pela gente, com sombras e bancos para descansar e conversar, praças e parques, o monumental Zócalo, comércio popular vibrante, museus maravilhosos, um sistema ótimo de bicicletas compartilhadas e um trânsito muito melhor do que o de Sampa...




Aos domingos, um circuito grande de ruas é fechado para as bicicletas, como em Bogotá. Existem vários sistemas de empréstimos de magrelas, as Ecobici são as mais lindas que já vi por aí, com dínamo para farol e refletor, lugar para guardar uma bolsa, guidão alto... Infelizmente não pudemos usar este sistema, e a bicicleta que pegamos não era muito boa, mas o importante é que tínhamos a proteção da Virgem de Guadalupe!
Uma vez por mês, a cidade fecha as principais vias para os ciclistas, ampliando ainda mais o passeio e popularizando as bicis.











Emocionante visitar a Casa Azul, onde Frida nasceu e viveu até seus últimos dias. Frida e Diego estão por toda parte.



O impressionante museu de Antropologia



O rei Pakal, governante de Palenque.


Um dos passeios mais lindos foi a visita à UNAM, a cidade universitária de DF. A união entre artistas e arquitetos concretizou uma visão de futuro moderno e revolucionário para a juventude mexicana, e ao mesmo tempo, uma reverência ao passado pré-hispânico grandioso


E por fim, a realização de um sonho antigo, visitar a casa do arquiteto Luis Barragan... quem vê por fora não imagina a beleza que a fachada crua esconde...

2 comentários:

Dani e Biriba disse...

Ola, vc mora no México? Sou brasileira e devo me mudar p o México ainda neste ano. Me senti mais tranquila com o seu post... Se puder, me escreva no danitorres79@gmail.com
obrigada
Dani

Elisa disse...

Oi Dani, fui ao méxico pela primeira vez para passar férias. Voltei completamente apaixonada. Você vai gostar!, beijo e boa sorte! Elisa